domingo, junho 02, 2013

Assobio, bio, bio...

Talvez tenha alguém aí fora que, como eu, está cansada de procurar expressão num mundo tão desencontrado.
Cansada de ver os sorrisos falsos e as intenções volúveis.
Pessoas volúveis.
Talvez num lugar, não muito distante, tenha alguém que veja para toda a hipocrisia e interesse e saiba que não se encaixa também...
Que espera encontrar a mão de alguém que só queira um chocolate e uma boa conversa, que pare 5 minutos por dia pra pensar em sorrir só por sorrir, não porque é bonito, não porque ganhou um presente, não pra impressionar alguém...
A única coisa que a vida nos pede são sorrisos, apesar que sempre pedimos tanto dela.
Estamos sempre inconformados com a forma como a vida é, mas as pessoas se esquecem que, no fundo, não podemos exigir nada de ninguém.
Então eu espero, com muita esperança e com bastante pressa, mas sem reclamar. Não procuro um namorado, não procuro o amor... O amor é tão volúvel hoje em dia...
Procuro um chocolate e uma boa conversa, nem que seja com uma doce garotinha de 4 anos que gosta de imitar o som dos pássaros.
Parece que hoje em dia até as crianças não são livres de verdade.
Mas nunca com desesperança, e nunca com raiva...
Afinal, a culpa não é de ninguém se eu não peço nada.
A culpa não é de ninguém se eu só dou meus sorrisos...